quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Casinha de gengibre

Surpresa!
Hoje fomos surpreendidos pela Inês Moura!
Uma atividade doce e colorida!







 Decorámos as bolachas com gomas!!





 Ficaram tão giras! Mas sobretudo deliciosas! Que delícia!

Obrigada Inês! Adorámos!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

São Martinho




Apresentação do livro "A vila das cores"

Olá amigos!



Mais um dia interessante! 
Hoje, veio à nossa escola o escritor Bruno Magina apresentar o livro " A vila das cores".
Começou por nos contar a história e falou-nos dos vários tipos de famílias diferentes que existem.
Os alunos fizeram várias perguntas, uma delas foi "Quando e porquê começou a escrever?"
O Bruno explicou que começou a escrever quando tinha doze anos, mas este livro surgiu quando se inscreveu num concurso, do qual saiu vencedor. 
Por fim, a turma do 3.º A convidou o escritor para estar presente no lançamento do seu livro coletivo. 













Presépio



sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Acerca do Espectáculo no Teatro São Luís.


Escrita Criativa 

As sombras eram três pessoas,
Um homem e duas mulheres.
Havia uma tenda,
E dormia lá dentro uma mulher.
As outras duas pessoas estavam a tentar acordá-la.
Para a acordar chamavam pelo nome dela:
- Napoula!!!!
Não respondia porque dormia,
Cantou o galo uma vez,
Cantou o galo duas vezes,
Para acordar a mulher.
A mulher não acordou.
O homem foi com uma pena para a acordar,
Ela acordou.
Leu o seu livro.
Veio o gigante,
Tirou-lhe o livro.....
E dançou.
Fortunato André (3.º A)


Era uma vez, uma menina que estava a dormir na tenda e o homem estava a tentar acordá-la, com uma luz na cabeça fê-la acordar. Pôs-se a ver um livro ilustrado, mas a sua amiga zangou-se com ela. De repente, a menina desapareceu. Os dois amigos foram à sua procura. A menina passou para um filme, nessa imagem aparecia a dançar num campo , no meio de ervas e flores. Reapareceu, Napola pegou num arco cheio de luz e dançou. Gostei do espetáculo. No final ofereceram, uma lancheira com um sumo e voltámos para a escola.
Filippo Wang (3.º A)




Vo'Arte - InShadow

O projecto educativo LittleShadow, secção dedicada ao público infanto-juvenil, decorre este ano na Fundação Portuguesa de Comunicações e SLTM, com sessões de filmes de animação, actividades artísticas e o espectáculo Babaol, da Cia EnÁmbar Danza, que alia teatro, dança e imagem.










Problema do Mês de Dezembro

A resolução de problemas é uma estratégia didática/metodológica importante e fundamental para o desenvolvimento intelectual do aluno e para o ensino da matemática. Porém, em sala de aula, por vezes constata-se um uso exagerado de regras, resoluções por meio de procedimentos padronizados, desinteressantes para professores e alunos, empregando-se problemas rotineiros e que não desenvolvem a criatividade e autonomia em matemática. Deste modo usámos a fita construída para a nossa árvore de Natal para criarmos um problema.

Se cada colega da nossa turma fizer uma fita igual à que está na figura, quantos círculos pequenos , quantos círculos grandes, quantos fios  e quantas palhinhas precisaremos?


domingo, 29 de novembro de 2015

Oferta complementar- Movimento da Educação pela Arte (3.º A)

Olá amigos!
Hoje tivemos a visita do professor Domingos. Foi uma atividade muito agradável, cantámos canções de Natal.


Visita de Estudo ao Museu Nacional de Arte Antiga


Nós, hoje fomos ao Museu Nacional de Arte Antiga. Quando entramos à direita havia um texto enorme escrito na parede sobre benfeitores do museu. As monitoras do museu dividiram – nos em dois grupos, nós subimos as escadas e vimos jarras, tapetes e quadros. O primeiro quadro tinha representado Jesus, por ser tão antigo já tinha perdido alguma tinta, por isso viam-se duas tábuas de Madeira. Vimos também um quadro do rei que se chamava Dom Sebastião, este tinha um cão, que na coleira tinha um bocado da bandeira de Portugal, a representar o povo Português. No fim, vimos os painéis de São Vicente que eram um quadro separado em cinco partes, tinha cinquenta e oito retratos diferentes pintados pelo pintor Nuno Gonçalves. Que é o pintor que deu o nome ao nosso agrupamento.

 Eu gostei  muito  da  visita.

 Texto de Victor Lucas - 3.º A


No dia 25 de novembro de 2015 fui ao Museu Nacional de Arte Antiga. Vimos dois quadros pintados a óleo, o primeiro tinha a imagem de um homem que parecia um juiz,mas era um rei. E o segundo quadro era do rei  Alexandre o Grande. A monitora contou – nos a história do Alexandre o Grande, era um rei muito importante porque tinha vários escravos, certo dia apaixonou-se por uma das suas escrava. Como gostava muito dela chamou um pintor para retratar a mulher.

No entanto, o pintor que a retratou também se apaixonou pela bela escrava. Quando o rei soube disso, ao contrário do que seria previsível, não ficou chateado, deu a mão ao pintor e disse-lhe:
- Podes casar com esta escrava.

Por isso é que Alexandre o Grande é muito importante.Gostei muito da história e da visita ao Museu Nacional de Arte Antiga.

Texto de Pedro Andrade - 3.º A


Arquivo Municipal de Fotografia de Lisboa









Um dia na nossa escola.

Um dia na nossa escola:  "Moveas"; "Piscinas"; "Voartes"; "Xadrez"  "Enfeites" e demais e...